1ª edição
 

Os membros do júri da primeira edição do BESrevelação (o agora NOVO BANCO Revelação), presidido por João Fernandes, decidiram por unanimidade (com exceção a uma abstenção por parte do Jürgen Bock no caso do projeto apresentado pelo Ramiro Guerreiro) atribuir 4 bolsas de produção artística aos projetos apresentados pelos artistas João Seguro, Ramiro Guerreiro, Carlos Lobo e Sylvie Rouquet.

 

 

Os vencedores

 
João Seguro
Projeto 90º que resultou de filmagens aéreas em que, de forma intermitente, se viram  quatro acontecimentos paralelos a acontecer no solo e fabricados pelo artista.
 
 
 
Ramiro Guerreiro
Instalação composta por uma construção que impediu o acesso pleno a uma projeção de diapositivos. Nestas imagens o artista fotografou-se entalado em frestas de edifícios modernistas que obviamente não foram pensadas para albergar o corpo humano e obriga o espetador interessado em aceder à totalidade de imagem a experimentar a mesma experiência física, entre a ginástica e o yoga.
 
 
 
Carlos Lobo
Imagens de interiores desolados e de objetos descontextualizados, isto de forma neutra (quase clínica) e isenta de qualquer dramatismo (a iluminação, por exemplo, é sempre homogénea).
 
 
 
Sylvie Rouquet
Projeto de foto-textos intitulado On Habit que jogou com o contraste entre a apresentação neutra (publicitária quase) de objetos quotidianos e o caráter íntimo e biográfico dos textos que os acompanharam, curtas narrativas de grande limpeza e claridade, mas que aludiram a dados biográficos relacionados com hábitos específicos e iminentemente pessoais de utilização de objetos comuns.
 
  •  Expandir 
  • Composição do júri