2ª edição do Concurso Nacional de Inovação
 

Dia 18 de dezembro, o Pavilhão de Portugal, em Lisboa, foi o palco para a divulgação dos projetos vencedores da segunda edição do Concurso Nacional de Inovação. Na cerimónia pública, que contou com a presença do presidente da Chipidea, Prof. Epifânio da Franca, foram distinguidos 6 projetos nos cinco setores a concurso.

Um total de 145 candidaturas de projetos científicos, académicos e de investigação, foram submetidos a esta segunda edição do Concurso Nacional de Inovação, nomeadamente:

  • 42 para Energias Renováveis;
  • 39 para o setor Processos Industriais;
  • 29 para Saúde, Cuidados Pessoais e Acolhimento;
  • 20 para a Turismo;
  • 15 para a Economia Oceânica.

Face à qualidade dos projetos apresentados, o júri decidiu atribuir um primeiro lugar ex aequo no setor Energias Renováveis.

No processo de avaliação das candidaturas, o júri do concurso guiou-se por um conjunto de critérios definidos pelo seguinte grau de importância: impacte potencial dos resultados do projeto na competitividade empresarial; excelência científica e caráter inovador do projeto; credibilidade da empresa, instituição de I&D ou inventor.

Veja aqui a descrição dos projetos.


 

 


A vencedora na àrea da Saúde

 
Ana Catarina Reis

Projeto: Insulina Oral - nova formulação farmacêutica, com grande potencial de aplicação ao nível do tratamento da doença Diabetes Mellitus.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
  •  Expand 
  • Composição do júri