4ª edição
 

O júri do BESrevelação (o agora NOVO BANCO Revelação), selecionou, por unanimidade, os projetos enviados a concurso por David Infante, Nikolai Nekh e Mariana Silva.

Cada um dos artistas recebeu uma bolsa de produção no valor de 7.500 euros, apoio destinado à realização dos trabalhos apresentados na Casa de Serralves.



 

 
Os vencedores
 
 
David Infante
Fotografias a preto e branco, nas quais a presença da figura humana e a exploração do retrato foram predominantes. Recorrendo frequentemente a dispositivos que complicam a linearidade percetiva, estas obras fizeram uso da fotografia tanto para fabricar o simulacro quanto para revelar o insólito.
 
 
 
Nikolai Nekh
Tendo vivido seis anos da sua infância em Raduzhnyy (uma pequena cidade da Sibéria) a proposta de Nekh foi uma reflexão sobre o papel da imagem na construção da identidade do lugar (neste caso, de Raduzhnyy), mas também sobre o seu hipotético contributo para o resgate de uma relação familiar.
 
 
 
Mariana Silva
Partindo de um conjunto de filmes documentais que retratam parte da história recente de Portugal, Mariana Silva propôs-se desenvolver um modelo de arquivo que oferece diferentes estratégias para o visionamento destas películas, e onde se procura desconstruir quer os habituais protocolos de experiência destes materiais, quer a noção de visualidade absoluta.
 
   
  •  Expandir 
  • Composição do júri