Skip to main content
SEGURANÇA ONLINE:

 

 

 

 

 

REFLEX – Prémio de Fotografia CAIS|novobanco


Edição 2021 “Inclusão e Diversidade”, candidaturas até 31 de março 2022


As candidaturas ao REFLEX – Prémio de Fotografia CAIS | novobanco, estão abertas. Profissionais, estudantes, amadores ou entusiastas da fotografia podem participar até 31 de março na 15ª edição deste prémio, cujo tema é Inclusão e Diversidade.

Vivemos num mundo cada vez mais global, onde as diferenças coabitam entre espaços, criando pontes de entendimento e de aceitação. As cidades, as famílias, as empresas e as instituições revelam-se como sendo cada vez mais inclusivas e heterogéneas. A 15ª edição do REFLEX – Prémio de Fotografia CAIS|novobanco, pretende retratar e celebrar a diversidade (étnica, social, racial, género, religiosa, política, entre outras) presente nos espaços em que nos movemos através de uma multiplicidade de imagens representativas de um mundo que ser quer cada vez mais heterogéneo e que potencie o sentimento de pertença, diminuindo a exclusão.

Todos os interessados deverão consultar o regulamento e submeter a sua candidatura em suporte digital, por upload, até 31 de março, através do site oficial do prémio www.reflex.com.pt.  As trinta obras finalistas e as vencedoras serão reveladas ao público numa exposição, a inaugurar em maio, em data e local a anunciar, para além de serem publicadas numa edição especial da revista CAIS.

 

Sobre o REFLEX
O REFLEX - Prémio de Fotografia CAIS|novobanco, lançado em 2007 no âmbito de uma parceria com a Associação CAIS, é um prémio dedicado à valorização da fotografia em Portugal, reforçando e ampliando os efeitos positivos de uma iniciativa nacional de âmbito artístico que alia a fotografia a temas socialmente relevantes. O Prémio REFLEX conjuga, assim, a vertente socialmente empenhada da Associação CAIS e a estratégia de responsabilidade social empresarial do Banco.

REFLEX – Prémio de Fotografia CAIS|NOVO BANCO
REFLEX – Prémio de Fotografia CAIS|NOVO BANCO

REFLEX – Prémio de Fotografia CAIS|NOVO BANCO

A valorização da fotografia em Portugal