O relatório abaixo apresenta a apreciação realizada pelo NOVO BANCO sobre a aplicação da sua Política de Melhor Execução na Receção e Transmissão de Ordens para as principais categorias de Instrumentos Financeiros e para as Plataformas de Negociação mais representativas em termos de volume de ordens.
Globalmente confirma-se que o NOVO BANCO, e os seus parceiros ou contrapartes, asseguraram as condições definidas para a execução de ordens de clientes durante 2017.

 

Categoria de Instrumento

 

Ações

+

Notificação se <1 a média de operações por dia útil no ano: NÃO


Cinco principais plataformas de execução em termos de volume de negociação (por ordem decrescente) Proporção do volume negociado expressa em percentagem do total nessa categoria Proporção das ordens executadas expressa em percentagem do total nessa categoria
EURONEXT - EURONEXT LISBON (XLIS) 84,78% 92,98%
NASDAQ - ALL MARKETS (XNAS) 4,01% 2,09%
EURONEXT - EURONEXT PARIS (XPAR) 2,46% 0,81%
NEW YORK STOCK EXCHANGE, INC. (XNYS) 2,16% 1,35%
DEUTSCHE BOERSE AG (XFRA) 1,50% 0,61%

O NB recebe e transmite ordens sobre Ações instruídas por clientes Não Profissionais ou Profissionais, aplicando o mesmo tratamento, efetuando todas diligências para obter a melhor execução possível.
Na Receção e Transmissão de Ordens (RTO) de Ações, o NOVO BANCO (NB) transmite as ordens de acordo com a Política de Melhor Execução definida, privilegiando os seguintes fatores, por ordem decrescente de importância:

  1. Preço;

  2. Probabilidade de execução e liquidação;

  3. Rapidez de execução;

  4. Custos;

  5. Volume ou natureza da ordem.

Para as ordens recebidas dos clientes relativas a um conjunto de Ações pertencentes aos principais índices de um conjunto mercados organizados, são usados processos de transmissão de ordens imediata, sequencial e não agregada.

No caso concreto de ordens com Ações, o NB envia as ordens preferencialmente para mercados organizados (bolsas), através de um conjunto de corretores selecionados. Os corretores são selecionados tendo em conta os seus processos e mecanismos internos, alinhados com a Política de Melhor Execução do NB, e seu acesso direto ao mercado preferencial de cada instrumento financeiro negociado.

O NB tem processos de avaliação da aplicação da Política de Melhor Execução e da avaliação e monitorização das estruturas de negociação usadas. Não foram detetados quaisquer ligações estreitas ou conflitos de interesse com as estruturas de negociação ou com os corretores usados. Durante 2017 também não foram identificadas necessidades de alteração das plataformas de execução ou das contrapartes usadas na negociação. Para as plataformas de execução utilizadas não existem acordos específicos relativamente a pagamentos efetuados ou recebidos, descontos, abatimentos ou benefícios não monetários recebidos.

Securitized Derivatives - Warrants

+

Notificação se <1 a média de operações por dia útil no ano: SIM


Cinco principais plataformas de execução em termos de volume de negociação (por ordem decrescente) Proporção do volume negociado expressa em percentagem do total nessa categoria Proporção das ordens executadas expressa em percentagem do total nessa categoria
EURONEXT - EURONEXT LISBON (XLIS) 99,99% 98,84%
EURONEXT - EURONEXT PARIS (XPAR) 0,01% 1,16%

O NB recebeu e transmitiu em 2017 ordens sobre Warrants instruídas por clientes Não Profissionais ou Profissionais, aplicando o mesmo tratamento, efetuando todas diligências para obter a melhor execução possível.
Na Receção e Transmissão de Ordens (RTO) de Warrants, o NOVO BANCO (NB) transmite as ordens de acordo com a Política de Melhor Execução definida, privilegiando os seguintes fatores, por ordem decrescente de importância:

  1. Preço;

  2. Probabilidade de execução e liquidação;

  3. Rapidez de execução;

  4. Custos;

  5. Volume ou natureza da ordem.

Todas as ordens foram recebidas de clientes para um conjunto de Warrants pertencentes a dois mercados organizados. Foram usados processos de transmissão de ordens imediata, sequencial e não agregada. As ordens foram através de um conjunto de corretores selecionados. Os corretores são selecionados tendo em conta os seus processos e mecanismos internos, alinhados com a Política de Melhor Execução do NB, e seu acesso direto ao mercado preferencial de cada instrumento financeiro negociado.

O NB tem processos de avaliação da aplicação da Política de Melhor Execução e da avaliação e monitorização das estruturas de negociação usadas. Não foram detetados quaisquer ligações estreitas ou conflitos de interesse com as estruturas de negociação ou com os corretores usados. Durante 2017 também não foram identificadas necessidades de alteração das plataformas de execução ou das contrapartes usadas na negociação. Para as plataformas de execução utilizadas não existem acordos específicos relativamente a pagamentos efetuados ou recebidos, descontos, abatimentos ou benefícios não monetários recebidos.

Exchange traded products (ETFs)

+

Notificação se <1 a média de operações por dia útil no ano: SIM


Cinco principais plataformas de execução em termos de volume de negociação (por ordem decrescente) Proporção do volume negociado expressa em percentagem do total nessa categoria Proporção das ordens executadas expressa em percentagem do total nessa categoria
XETRA (XETR) 42,17% 9,38%
NEW YORK STOCK EXCHANGE, INC. (XNYS) 26,63% 8,75%
DEUTSCHE BOERSE AG (XFRA) 8,32% 11,88%
EURONEXT - EURONEXT LISBON (XLIS) 4,66% 37,50%
EURONEXT - EURONEXT AMSTERDAM (XAMS) 3,82% 5,63%

O NB recebe e transmite ordens sobre ETFs instruídas por clientes Não Profissionais ou Profissionais, aplicando o mesmo tratamento, efetuando todas diligências para obter a melhor execução possível.
Na Receção e Transmissão de Ordens (RTO) de ETFs, o NOVO BANCO (NB) transmite as ordens de acordo com a Política de Melhor Execução definida, privilegiando os seguintes fatores, por ordem decrescente de importância:

  1. Preço;

  2. Probabilidade de execução e liquidação;

  3. Rapidez de execução;

  4. Custos;

  5. Volume ou natureza da ordem.

Para as ordens recebidas dos clientes relativas a um conjunto de ETFs negociados num conjunto mercados organizados, são usados processos de transmissão de ordens imediata, sequencial e não agregada.

No caso concreto de ordens com ETFs, o NB envia as ordens preferencialmente para mercados organizados (bolsas), através de um conjunto de corretores selecionados. Os corretores são selecionados tendo em conta os seus processos e mecanismos internos, alinhados com a Política de Melhor Execução do NB, e seu acesso direto ao mercado preferencial de cada instrumento financeiro negociado.

O NB tem processos de avaliação da aplicação da Política de Melhor Execução e da avaliação e monitorização das estruturas de negociação usadas. Não foram detetados quaisquer ligações estreitas ou conflitos de interesse com as estruturas de negociação ou com os corretores usados. Durante 2017 também não foram identificadas necessidades de alteração das plataformas de execução ou das contrapartes usadas na negociação. Para as plataformas de execução utilizadas não existem acordos específicos relativamente a pagamentos efetuados ou recebidos, descontos, abatimentos ou benefícios não monetários recebidos.

Instrumentos de Dívida - Obrigações

+

Notificação se <1 a média de operações por dia útil no ano: NÃO


Cinco principais plataformas de execução em termos de volume de negociação (por ordem decrescente) Proporção do volume negociado expressa em percentagem do total nessa categoria Proporção das ordens executadas expressa em percentagem do total nessa categoria
BLOOMBERG TRADING FACILITY LTD (BMTF) 17,06% 22,94%
EURONEXT - EURONEXT LISBON (XLIS) 0,66% 13,65%

As operações de Instrumentos de Dívida são recebidas e transmitidas incluem obrigações de taxa de juro fixa e/ou variável, dos diversos emitentes: Governamentais, Institucionais e Corporate, ações preferenciais, papel comercial e produtos estruturados.
O Novo Banco (NB) recebeu e transmitiu em 2017 ordens sobre instrumentos de dívida instruídas por clientes Não Profissionais ou Profissionais, aplicando o mesmo tratamento, efetuando todas diligências para obter a melhor execução possível.

Considerando que a maioria dos instrumentos de dívida apresenta maiores níveis de liquidez, e como tal melhores preços, fora dos mercados regulamentados (ainda que em alguns casos esses instrumentos se encontrem admitidos à negociação em mercados regulamentados), o NB executa as ordens recebidas maioritariamente fora dos mercados regulamentados com vista à obtenção do melhor resultado possível.

Neste contexto, para os instrumentos financeiros em questão, o NB executa as ordens recebidas de clientes com outras contrapartes financeiras, através de um sistema de negociação multilateral preferencial, o Bloomberg Trading Facility - BMTF. Nestas operações, os fatores de execução mais relevantes são, por ordem decrescente de importância:

  1. Preço;

  2. Probabilidade de execução e liquidação;

  3. Volume ou natureza da ordem;

  4. Rapidez de execução;

  5. Custos.

As operações em títulos executáveis em mercados regulamentados nacionais têm muitas vezes liquidez adequada e são transacionadas na Euronext Lisboa. Para estas ordens, os fatores de execução mais relevantes são, por ordem decrescente de importância:

  1. Preço;

  2. Probabilidade de execução e liquidação;

  3. Rapidez de execução;

  4. Custos;

  5. Volume ou natureza da ordem.

Durante 2017, um número considerável de operações foi executado com contrapartes financeiras fora de um sistema de negociação multilateral. Até ao final do ano essas contrapartes não tinham definido que iriam desempenhar a função de internalizador sistemático.

O NB tem processos de avaliação da aplicação da Política de Melhor Execução e da avaliação e monitorização das estruturas de negociação usadas. Não foram detetados quaisquer ligações estreitas ou conflitos de interesse com as estruturas de negociação ou com os corretores usados. Durante 2017 não houve alteração nas plataformas de execução incluídas na política de execução de ordens do Novo Banco. Para as plataformas de execução utilizadas não existem acordos específicos relativamente a pagamentos efetuados ou recebidos, descontos, abatimentos ou benefícios não monetários recebidos.

Poderá consultar o texto integral do relatório, aqui.