Olimpíadas da Matemática

Olimpíadas Portuguesas da Matemática

As Olimpíadas Portuguesas de Matemática (OPM), organizadas anualmente pela Sociedade Portuguesa de Matemática, são um concurso de problemas de Matemática, que visa incentivar e desenvolver o gosto pela Matemática, dirigido aos estudantes dos 2º e 3º ciclos do ensino básico e aos que frequentam o ensino secundário.

Esta iniciativa, patrocinada pelo NOVO BANCO desde 2006, foi a razão para que fosse atribuído o "Prémio Gulbenkian" à Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM). De acordo com o júri do prémio, na base desta distinção está a promoção de uma “iniciativa educativa de referência e de grande impacto nacional, que há mais de três décadas promove o gosto por esta disciplina".

Os problemas propostos neste concurso fazem sobretudo apelo à qualidade do raciocínio, à criatividade e à imaginação dos estudantes. Um dos objetivos do concurso é a deteção precoce de vocações científicas e, em particular, para a Matemática. É com agrado que se verifica que muitos dos vencedores de edições anteriores das OPM têm iniciado carreiras científicas que auguram bastante sucesso.

O Banco, alinhado com os objetivos definidos para o Programa de Literacia Financeira, integrou esta iniciativa neste programa.

Irmãos de Santa Maria da Feira fazem história nas 37ªs Olimpíadas Portuguesas de Matemática

Os irmãos Tiago Mourão (9º ano) e Nuno Mourão (7ºano) de Santa Maria da Feira, tomaram a dianteira e levaram para casa uma medalha de ouro e uma de bronze, respetivamente, nas 37ªs Olimpíadas Portuguesas de Matemática (OPM). Estudam na mesma escola, têm dois anos de diferença e concorreram em categorias diferentes, mas o gosto pela Matemática é igual. Tiago já é repetente, é o terceiro ano consecutivo que arrecada uma medalha de ouro. Nuno é um estreante. No entanto, também noutros tempos o irmão mais velho dos medalhados, Paulo Mourão, foi um vencedor desta competição. Todos com passagem pela Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Fernando Pessoa, em Santa Maria da Feira.

De salientar nesta 37ª edição, a Escola Secundária com 3º Ciclo D. Filipa de Lencastre, que conseguiu repetir um feito de 2017 e arrebatou três medalhas. Leonardo Tavares (9º ano) é o responsável por uma medalha de ouro, David Nassauer (12º ano) conquistou uma de prata e João Rocha (11º ano) uma de bronze. A Escola Secundária Sebastião da Gama, em Setúbal, foi a anfitriã da Final das 37ªs Olimpíadas Portuguesas de Matemática, que contou com uma guia especial, a youtuber Inês Guimarães, mais conhecida como MathGurl. A autora do livro “Desafios Matemáticos que te Vão Enlouquecer” também já foi uma participante das Olimpíadas.

A cerimónia de encerramento da competição decorreu a 7 de abril, no Fórum Luísa Todi, em Setúbal. Jorge Buescu, Professor da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e ex-presidente da Sociedade Portuguesa de Matemática, apresentou a palestra “A Magia do Primeiro Número” antes do anúncio dos vencedores.

Os vencedores das categorias A e B poderão vir a integrar as delegações que representarão Portugal nas competições internacionais depois de frequentarem um estágio no projeto Delfos, no Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra.

As OPM são organizadas pela Sociedade Portuguesa de Matemática em parceria com o Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra. Contam com o apoio do Ministério da Educação, do NOVO BANCO, Ciência Viva, Fundação Calouste Gulbenkian e da Pathena. Esta edição foi ainda apoiada pelo Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama, pelo Município de Setúbal, Texas Instruments, Happy Code, Gradiva e Editorial Presença.

Calendário das Olimpíadas:

10 a 22 julho de 2019: Olimpíadas Internacionais de Matemática – Bath, Reino Unido
julho de 2019: Olimpíadas de Matemática da CPLP - local a designar
setembro de 2019: Olimpíadas Ibero-Americanas de Matemática – México


Edição anterior

Final Nacional da 36ª edição das Olimpíadas Portuguesas de Matemática: Martas e Tiagos dominam medalhas nas Olimpíadas Portuguesas de Matemática.

Na final nacional das 36ªs Olimpíadas Portuguesas de Matemática, que decorreu no Agrupamento de Escolas de Mirandela, de 22 a 25 de março, as Martas e os Tiagos foram os nomes em destaque: arrecadaram cinco medalhas de ouro.

Na categoria Júnior, dedicada aos participantes mais novos, Tiago Sousa (E.B 2,3 de Alapraia) e Marta Jordão (Escola Secundária com 3.º Ciclo do Ensino Básico do Dr. Joaquim de Carvalho) levaram para casa medalhas de ouro, juntamente com Rafael Inácio (Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos José Ferreira Pinto Basto).

Tiago Mourão (EB 2,3 Fernando Pessoa) e Tiago Marques (Colégio Internato dos Carvalhos), ambos de Santa Maria da Feira e alunos do 8º ano, repetem o feito de 2017 e conquistam duas medalhas de ouro, desta vez na categoria A. Marta Gonçalves (Colégio de Nossa Senhora da Conceição) do 9º ano de escolaridade ganha também na mesma categoria uma medalha de ouro.

Na categoria B, os vencedores das três medalhas de ouro são todos alunos experientes e que ganharam medalhas em edições anteriores das Olimpíadas Portuguesas de Matemática: Kevin Pucci (Escola Secundária com 3º ciclo do Ensino Básico Dr. Júlio Martins), Maria Madrugo (Escola Secundária com 3.º Ciclo do Ensino Básico do Restelo) e Pedro Fernandes (Escola Básica e Secundária de Guia).

De assinalar ainda a conquista de uma medalha de bronze por João Morais, aluno da escola anfitriã. Esta é a sexta medalha conquistada por João Morais desde a sua primeira participação nas OPM em 2012.

Ana Pereira do Vale, professora na Universidade do Minho, apresentou a palestra “A Placa Babilónica CBS 1766” antes do anúncio dos vencedores.

O evento contou com a presença do Delegado Regional de Educação do Norte, do presidente da Sociedade Portuguesa de Matemática, do diretor do Agrupamento de Escolas de Mirandela, anfitrião desta final, da Presidente da Câmara de Mirandela, do NOVO BANCO, da Ciência Viva e da Fundação Calouste Gulbenkian.

Mas as Olimpíadas não terminam por aqui. No mês de julho, Portugal marcará presença nas Olimpíadas Internacionais de Matemática, que terão lugar em Cluj-Napoca, na Roménia. Em setembro terão lugar as Olimpíadas da CPLP em São Tomé e Príncipe e Portugal será coorganizador das Olimpíadas Ibero-Americanas de Matemática, juntamente com Espanha. Monte Gordo e La Rábida são as cidades que recebem o evento. Todos os premiados das categorias A e B poderão ser selecionados para integrar as equipas que representarão Portugal nestas competições.

As OPM são organizadas pela Sociedade Portuguesa de Matemática em parceria com o Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra, e contam com o apoio do Ministério da Educação, da Ciência Viva, da Fundação Calouste Gulbenkian, do NOVO BANCO (um dos mais antigos apoiantes das OPM) e da Pathena. 
 

Parceiros

SPM